domingo, 3 de fevereiro de 2008

Feliz dia da marmota

No dia 2 de fevereiro, enquanto no Brasil tinham início as celebrações oficiais de carnaval, no Canadá debatia-se um fato de grande relevância para a humanidade: qual vai ser a previsão das marmotas sobre a duração do inverno?

Pois é.

A tradição tem uns 150 anos e a data tem a ver com o calendário lunar. 2 de fevereiro são exatamente 6 semanas antes do equinócio da primavera. Reza a tradição que as marmotas, que hibernam, saem da toca nesse dia para dar uma espiadinha no tempo. Se virem a própria sombra refletida no chão, voltam correndo para a toca e hibernam durante mais 6 semanas. Se não virem sua sombra, ficam perambulando um tempo fora da toca. A interpretação é que, se ela voltar a hibernar, o inverno continuará intenso por mais 6 semanas, então no dia de início da primavera o tempo ainda não estará mais ameno. Já se ela gostar de ficar do lado de fora, isso significa que o inverno vai acabar um pouco antes e, no início da primavera, já vai estar menos frio.

Tem mais explicações na Wikipedia.
E, para os esquecidos, vale relembrar o filme Groundhog Day (Feitiço do Tempo), com Bill Murray. Ele vai fazer uma reportagem sobre a previsão da marmota da Pensilvânia e fica preso naquele dia.

Bom, a marmota responsável pela província de Ontário, Wiarton Willie, previu que a primavera vai chegar logo. Vocês podem vê-la no vídeo que saiu no The Star e acompanhar as comemorações em torno da coitada da marmota. E depois dizem que carnaval é que é popular. Basta ver a glória e a emoção das multidões (6 pessoas já é multidão?) em torno de Wiarton Willie. Sem falar nos focinhos com dentinhos de marmota que as pessoas usam. Morram de inveja, escolas de samba!

O jornal publicou as previsões de uma meia dúzia de marmotas canadenses e americanas famosas. O jornalista destaca que nem todas as marmotas concordam, pois a maioria previu o fim antecipado do inverno, mas algumas voltaram correndo para continuar hibernando. Eu não entendo o espanto. Cada marmota cuida da sua região. Ninguém disse que o clima tem que ser igual na América do Norte inteira.

Ontem à noite, em reunião carnaval-marmotesca aqui em casa com amigos, ficamos discutindo se a previsão da marmota é mais ou menos confiável que o Weather Channel. Escolha difícil.

Mas vale lembrar que as marmotas não saem da toca por livre e espontânea vontade. Alguma delas pode até ter saído no dia 2 de fevereiro, há 150 anos. Hoje em dia, elas moram numa toquinha engaiolada (sim, os donos delas vivem da honra e da glória de velar pelas marmotas místicas) e são acordadas, bem cedinho, no dia 2. É uma balbúrdia, com sinos, microfones e o diabo a quatro. Quer dizer: no fundo, no fundo, eu acho que a decisão da marmota sobre ficar fora da toca ou voltar a dormir não depende tanto das condições climáticas, mas sim do nível de mau humor ou de fair play do bichinho. As marmotas mais calejadas devem pensar "Bom, chegou a hora. Vamos lá, o show tem que continuar." E saem, acenam para a platéia, ganham umas castanhas e sabem que vão ter mais um ano de sossego. Mas mais de uma, ao ser arrancada da toca, deve mandar um "Aqui pra vocês, vão fazer barulho na casa da mãe joana!" e voltar a dormir.

4 comentários:

Anônimo disse...

Bom, o clima na província de Ontario não me preocupa... eu quero saber é se tem uma marmota diretamente responsável pela Chapman Ave. e arredores...

Anônimo disse...

Infelizmente, o Punxsutawney Phil, nossa marmota de Pensilvania (a do filme) previu mais inverno... =)
Bom saber que ele esta errado 70% do tempo... haha
Beijos/Abracos,
Tom

Carol disse...

Hum... Aqui perto tem um castor. Serve?

Tom, pois é, a gente concluiu que, se depois de ter esse trabalho todo para azucrinar a marmota, a idiota só acerta 30% das vezes, é mais garantido tirar cara ou coroa e deixar os bichos em paz. Mas aí acho que o povo ficaria sem um bom pretexto para pagar mico exibindo focinho de marmota...

carladuc disse...

Que legal! Eu não sabia muito bem como era essa história do Dia da Marmota. Adorei o post! :)