terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Três Natais

Este foi nosso primeiro Natal sem nossas famílias. Acabamos fazendo três celebrações diferentes -- nenhuma delas natalina no sentido cristão, mas reuniões memoráveis com nossos melhores amigos.

A primeira, na noite do dia 20, não foi propriamente de Natal, mas sim de Yalda, uma celebração persa, pré-cristã, do solstício do inverno. O convite veio da Ellie, nossa amiga iraniana (herdada da Bianca ;o) e é a comemoração mais importante de lá. Não é islâmica, mas acabou se tornando tradição não religiosa.

Na casa da Ellie e na internet aprendemos bastante sobre essa comemoração, da qual não sabíamos absolutamente nada. Como essa é a noite mais longa do ano, a partir da manhã seguinte os dias começam a se tornar progressivamente mais longos. A idéia da celebração é passar a noite reunidos, comendo junto a um fogo, esperando o sol raiar (coisa que não fizemos, naturalmente) para ver a luz triunfar sobre as trevas.

Há muita comida (os iranianos adoram comer), com alguns itens simbólicos. Por exemplo, frutas secas e desidratadas representam a comida armazenada no inverno, enquanto melancia e romã simbolizam o sol. É obrigatório comer um pouco de cada uma. Além de mil outros petiscos e de um jantar maravilhoso que a Ellie fez.

Incluí essa comemoração nos "três natais" porque a data em que o Natal cristão foi instituído foi justamente para substituir as diversas comemorações do solstício que existiam pelo mundo -- caso da saturnália romana -- justamente nesta época do ano. O motivo da celebração não tem nada a ver, é claro, mas a data, dependendo do calendário lunar, coincide.

Foi muito agradável, a Ellie é um amor, tem uma casa maravilhosa e ficamos batendo papo sem ver a hora. Até que vimos a hora e... por frações de segundo não perdemos o último metrô. É um tanto emocionante, depois de muita comida e umas garrafas de vinho, ter que sair de madrugada numa temperatura absolutamente congelante, descer as escadarias do metrô a la Indiana Jones (eu nem paguei, porque o homem da bilheteria disse que o último trem estava na plataforma e, quando eu estava pegando minha moedinha do metrô, ele gritou: "Esquece isso. Corra, corra!") e entrar no trem correndo, com as portas fechando em cima da gente.

A segunda comemoração, agora sim de Natal, foi na casa da Erika e do Rafa.

Nós nem estaríamos aqui, pois iríamos passar o Natal em Chicago, mas nosso vôo foi cancelado (em breve vem outro post sobre a viagem frustrada) e, no dia 24 de manhã, exaustos e frustrados, ligamos para os Salsa para dizer que estávamos em Toronto. Eles logo nos chamaram para compartilhar a fondue deles. Ficamos muito felizes, pois eles são especiais e estávamos com pena de deixá-los sozinhos no Natal. Fomos recebidos com petiscos deliciosos, duas maravilhosas fondues (de queijo com pão e legumes, e de chocolate com frutas) e amigos queridos -- mais a Ellie, que estava lá de novo.

De quebra, dormimos lá, com malas e tudo, para partir bem cedo para o aeroporto, para nossa segunda tentativa -- agora bem-sucedida -- de irmos para Chicago.

E aí vem o terceiro Natal, com a Alê (+P2, menininho ainda sem nome), o Daniel e o Eric, que transferiram a celebração do dia 24 para o 25, transferindo inclusive os outros dois convidados.

Trocamos presentinhos, tivemos um jantar delicioso e descansamos muito. Em vez de 6 dias, tivemos só 4, sendo que 3 foram com um clima horrível, de muita chuva e neblina. Acabamos ficando a maior parte do tempo em casa, nos acabando de jogar Rock Band, bater papo e -- fazer o quê, né? -- comer.

No último dia o tempo abriu e fomos visitar o aquário, bem legal.

E agora estamos organizando a comemoração de Ano Novo aqui em casa.

Foi um fim de ano muito corrido, com muito trabalho até viajarmos. Não tivemos tempo de mandar cartões nem e-mails de Natal, mas vamos entrando em contato com parentes e amigos mesmo que seja meio atrasado. Espero que todos tenham tido um Natal lindo e que tenham um 2009 espetacular.

4 comentários:

Ellie disse...

I have to use the same online translator again :)

Carol disse...

Wow, you're quick! I was still editing the pics!

No need to use those awful online translators; that's why human translators like me exist.

Basically I'm telling about our "three Christmases", including Yalda as a pre-Christian persian celebration and explaining what it is (you can see by the links with more information). I said you made a delicious meal with lots of lovely snacks, that your house is beautiful and you are sweet, and finally telling about our adventure to catch the last train.

Then I also told about Christmas at Erika's and then again in Chicago.

I'll translate the post about the Osh on the comments there as well.

Ellie disse...

Thanks for Ush translation in advance. I already had lots of fun using the online translator for this post. Even the terrible translation is pleasnt, I love the way you write,I wish I could read it in Portugese.

Bianca Bold disse...

Carol will soon have to write a bilingual blog! :P
I miss you all!