quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Guaxinim 1x0 Lixeira

Os guaxinins são animais noturnos e, quando adultos, são muito grandes e corpulentos. Já vimos um grupo deles na nossa rua de madrugada e parecia uma gangue de anões delinqüentes: andavam daquele jeito meio lento e gingado bem pelo meio da rua. Três deles bateram num quarto, que ficou caído no meio da rua se fingindo de morto, enquanto os outros três viravam as costas e saíam andando, "donos" da rua.

Por aqui há muitos parques e é comum vê-los transitando em bandos. Mas o que enerva as pessoas é que eles preferem atacar as lixeiras de materiais orgânicos ("green bins"), fazendo a maior bagunça. Vale lembrar que, aqui, a calçada na frente da sua casa é sua responsabilidade; portanto, se um guaxinim espalha lixo pela calçada toda, é você que precisa limpar.

Aqui a Jane é meio "pisca" com os guaxinins e normalmente deixa o lixo guardado no depósito até a manhã da coleta, quando sai bem cedo para tirar o lixo.

O jornal The Star publicou hoje uma matéria sobre dispositivos anti-guaxinim para prender as lixeiras, que são padronizadas. Aliás, elas já vêem com uma trava para a tampa, mas que não é páreo para os guaxinins. O melhor da matéria é o vídeo que fizeram. E eles lançaram um desafio no YouTube, pedindo que as pessoas mandem vídeos de guaxinins atacando lixeira ou de métodos anti-guaxinins.

Estou começando a desconfiar que, se o lixeiro é capaz de abrir, o guaxinim também é. Aliás, os lixeiros devem amaaaaar esses dispositivos complicados...

A matéria original está aqui.

E eis o filminho importado do YouTube:

6 comentários:

Anônimo disse...

Não deixem o Gandalf ver o filminho do YouTube. Se bem que eu acho que ele é que ensinou técnicas novas aos atrasados guaxinins canadenses. Anônimo que vocês sabem quem é.

carladuc disse...

Nossa, mas que pilantras! :)

daniduc the dude disse...

Eu acho muito engraçado como os problemas municipais são diversos ao redor do mundo =)

Carol disse...

Ah, sem dúvida!

Volta e meia vemos discussões aqui, ou lemos notícias de grandes questões para a humanidade debatidas na Europa (como aquele seu post sobre a proibição de tabaco e a permissão de maconha nos cafés em Amsterdam) e comentamos: "Isso é falta de problema de verdade..."

daniduc the dude disse...

poisé! Fizeram uam pesquisa em bruxelas pra saber o que mais incomodava a população local. sabe, o maior problema urbano deles.

cocô de cachorro.

dia que o maior problema de sao paulo ou do rio for cocô de cachorro... tsá.

daniduc the dude disse...

(btw, eu estive em bruxelas. tem menos cocô de cachorro lá do que tinha no meu bairro em sp)