quinta-feira, 12 de junho de 2008

Pagar menos por eletricidade??

Tudo aqui (na nossa casa) é elétrico: luz, equipamentos, fogão, aquecedores e aquecimento de água. Os 4 apartamentos em que a casa está dividida têm registros separados para medir a energia que cada um consome e a conta de luz (a única que pagamos e que é bimensal) vem separada.

Só que, por algum motivo, há uns 30 anos a tarifa pelo aquecimento de água é fixa, independente do volume de água aquecido. Há dois boilers, um para cada dois apartamentos. Para cada boiler, são cobrados cerca de $ 100 a cada dois meses, portanto $ 50 por apartamento. O que é até que bem razoável, considerando que isso independe do uso.

Já a parte que é cobrada via o medidor, e que inclui todos os outros consumos de eletricidade, é bem mais alta: de $ 200 no verão, chegando a até $ 500 no inverno (por causa dos aquecedores, que ficam ligados dia e noite) -- lembrando que a conta vem a cada dois meses.

Agora, a companhia de luz (Toronto Hydro) anunciou que o aquecimento de água tem que passar pelos registros, de modo que cada casa pague pelo que consumir. Todos têm alguns meses para modificar os sistemas elétricos, ou instalar sistemas alternativos de aquecimento de água, e se prepararem para a mudança.

Logo de cara, pensamos: Dançamos. É claro que os caras descobriram que estão perdendo dinheiro. Ainda mais no inverno, quando toda a água usada tem que ser aquecida, já que é impossível tocar na água gelada que sai da torneira. E nos preparamos psicologicamente para tomar pedrada no bolso.

Hoje veio um eletricista fazer a mudança. Eu ajudei a Jane a se entender com ele, pois o inglês dela é meio fraco e eletricidade é um troço meio high-tech demais para ela. Feita a mudança (coisa de 20 minutos, eu estava esperando um pandemônio), perguntei ao eletricista se poderíamos esperar um aumento na conta. Ele disse que não, pois a conta com valor fixo foi estabelecida há uns 30 anos pensando em famílias com umas 5 pessoas. Como aqui somos bem menos, certamente vamos constatar uma diminuição na conta de luz.

Fala sério... mudanças compulsórias no sistema de cobrança de energia, efetuadas por uma empresa pública, e a nossa conta vai baixar?!?!

Essa eu pago pra ver.

3 comentários:

Anônimo disse...

Sai dessa, eu esperava a conta para ver se o que o tal "eletricista high tech" disse é verdade. Será que há trinta anos a tarifa por KW/H não aumenta? Veriquem a potencia do sistema de aquecimento da água, deve ser do tipo 3KW, calcula o numero de horas que deve trabalhar no inverno paradigamos "manter" a agua quente acima dos 35°C, tipo oito horas diarias, neste exemplo tem 24KW por dia, em 60 dias da 1440KW !!!, multipliquem pelo valor do KW na conta normal, aquela que agora dá uns CAD 200 a cada 60 dias, e vejam antes que seja tarde demais se dá menos que CAD 100. Se der será um milagre Canadense. Abraço do Letricista Mor

Carol disse...

"Antes que seja tarde demais" não tem jeito. Todo mundo é obrigado a fazer a mudança.

Além disso, ninguém disse que o Kw/H não aumentou. O preço é fixo, mas isso não significa que nunca tenha sido reajustado. O que o cara disse é que esse preço fixo é pensado para famílias com mais gente do que a nossa.

Só quando vier a conta, mesmo, é que vamos saber. De qualquer forma, pagamos muito menos por eletricidade aqui do que no Brasil.

Anônimo disse...

Quando você "pagar" , por favor nos conte... milagres existem!