segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

O Sr. Carvalho passa bem

Tem gente ansiosa querendo saber notícias do Gandalf. Maldade eu não contar o final (espero!) da história.

Ele realmente voltou para casa um dia antes do previsto, após só mais duas noites no veterinário.

Está tomando uma cápsula antiespasmódica para a bexiga e comendo uma ração especial para ajudar a dissolver os cristais e diurética.

Voltou todo feliz -- acho que foi o ronrom contínuo mais longo da vida dele quando ele chegou em casa -- e enérgico, demandando mil mimos.

Não que ele curta a ração diferente (mas já está se conformando) nem muito menos os comprimidos. Alguém se lembra daquele texto sobre como dar comprimidos a um gato? Pois eu nunca me esqueci... Muito menos ao receber a instrução de dar dois comprimidos por dia durante 5 dias.

Curiosamente, o primeiro foi absurdamente fácil. Ficamos todos faceiros. Mas no segundo o bicho se revoltou e fez um rasgo no braço do Gustavo chutando com os pés e dois furos bem profundos nos meus dedos com os caninos. Quase desistimos, ainda mais quando o último resquício de esperança se esvaiu após eu misturar o pozinho do comprimido com o Cat Milk da Whiskas, que ele ama de paixão, e ele se recusar a tomar. Decidimos enrolá-lo numa toalha para minimizar as arranhadas, e na terceira tentativa deu certo. Ele ganhou Cat Milk no final, para animar.

Depois fomos ficando melhores. Ele deixou de ganhar Cat Milk da forma tradicional (arranhando no arranhador, o que ele faz setecentas vezes por dia graças à maravilha do Cat Milk) e só ganha agora quando toma o comprimido. A associação foi rapidíssima. Quando ele vê o Gustavo chegar com a toalha azul, o primeiro impulso é fugir (a histérica da Mafalda, então, quando vê o Gandalf sendo capturado corre como se estivesse sendo perseguida pelo capeta). Mas depois que está com o comprimido na boca -- o que eu já faço com maestria em questão de 3 segundos -- ele deduziu que o mais fácil é engolir mesmo, para ser posto no chão, onde ele já começa a ronronar loucamente esperando Cat Milk.

E aí a Mafalda aparece, é claro, mendigando Cat Milk também.

Enfim, estamos todos são e salvos, o Gustavo e eu um pouco menos do que o Gandalf.

2 comentários:

Clarissa disse...

Eu preciso desesperadamente saber o que é Cat Milk! Alguém me explica?

Gus disse...

Cat Milk é um produto da Whiskas que nada mais é do que um 'todinho' para gato. Eles amam, e aparentemente aida é sem lactose, o que facilita a digestão dos bichos. Não sei se tem no Brasil para vender.

Aqui, por conta do problema do Gandalf, a veterinária recomendou não dar...