quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Notícias sobre o Gandalf

Hoje, 24 horas após internarmos o Gandalf com a bexiga entupida, o transferimos -- semi-dopado, com catéter e soro -- para um veterinário perto de casa, pois ele foi atendido num local só de emergência.

Foi um baque saber que ele ficará internado por mais 3 dias, na melhor das hipóteses. Havia risco de danos ao rim por conta do aumento de pH e do nível de potássio, e risco de novos entupimentos por cristais. Mesmo estando visivelmente farto de estar entubado e com aquele plástico duro em volta do pescoço, quando a sedação passou umas 2 horas depois ele acabou relaxando e cochilando com os nossos carinhos enquanto esperávamos que a médica analisasse o quadro todo. Aliás, ele está recebendo tratamento invejável no Kato Animal Hospital, aqui do lado na Danforth.

O pessoal da emergência comunicou que ontem ele demonstrou comportamento agressivo. Leia-se: foram tentar dar comprimidos e enfiar um termômetro na bunda dele, e naturalmente o monstro de 8,5 kg baixou o sarrafo nos estagiários de veterinária. Obóvio! "Here kitty kitty" é o caramba, meu nome é Zé Pequeno! :^)

Agora à noite a Dra. Kato nos ligou e passou o relatório completo, bem mais animador. Ele está comendo bem, está confortável e calmo, e está urinando normalmente. Os exames revelaram cristais pequenos e de causas normais e não há nenhuma outra pedra visível nos rins. Ela até disse que, se continuar assim, ele volta para casa um dia antes do previsto.

A Mafaldinha tem andado meio perdidinha sem o grande ídolo dela. Passa horas e horas acomodada de frente para a porta de entrada, esperando ele voltar. E, fora pedir para comer duas vezes por dia, ela vaga pela casa e parece não saber muito bem o que fazer da vida. Antes era simples: bastava seguir e imitar tudo o que o Gandalf fizesse.

O Gustavo anda dizendo que eu vou ser uma histérica quando tiver um filho... Fala sério.

Por falar em médico, a dona da casa onde moramos contou para o Gustavo que o neto dela, de uns 5 anos, foi levado para a emergência com dores abdominais fortes e suspeita de apendicite. Parece que demorou 12 horas para ser atendido.

Acho que, quando eu tiver uma emergência médica, vou é correr para o Kato Animal Hospital.

Um comentário:

carladuc disse...

Oh, espero que ele esteja bem agora. Pobre gatinho.