quinta-feira, 8 de julho de 2010

Amor de verão

Chegou o verão, o calorzão de mais de 40 graus de sensação térmica, as flores, os passarinhos, os (muitos!) insetos... e um jovem ousado conquistou o coração da Mafaldinha.

Isso mesmo.

Eu já tinha visto um gato no nosso jardim da frente à noite, e a Mafalda doidinha na janela, miando.

Mas hoje eu a ouvi miar sem parar e a achei na porta, de namorico com esse rapaz aí. É macho e jovem. Tem exatamente as mesmas cores dela, mas jeitão de British Shorthair semiviralatinha. (Clique nas fotos para ampliar.)

Ele se afastou quando me viu, mas eu sentei nos degraus e fiquei observando. Então ele se aproximou, atendendo aos clamores incessantes da Mafalda, e ficou interagindo com ela.

Muitos olhares, miadinhos baixos e...

Sim! Beijinhos de nariz!

Daí ele relaxou e se acomodou, curtindo o ventinho que encana nesse corredor do lado da casa. E ficou assim, todo charmosão, olhando para ela, e ela para ele.

Dava para ouvir os coraçõezinhos batendo.

Eu dei uma saidinha para tentar interagir com ele, mas ele se afastou e não deixava que eu me aproximasse. Ofereci uma raçãozinha, mas ele ignorou com um olhar de "Você acha que eu vou me rebaixar?"

Beleza, então ele é moço de família e não aceita comida de estranhos. Melhor assim, então pode namorar a minha filha.

Só um tempo depois chegou o irmão mais velho de 2,10m. A Mafalda foi para dentro de casa. Eu achei que o Gandalf ficaria seriamente bolado ao ver um moleque ali deitado, bem onde ele gosta de coçar as costas. Mas o contato e as respectivas linguagens corporais foram fascinantes.

O gatinho adotou uma postura quase de "Olha, sou um bebê fofinho e não sei o que está acontecendo!" Deitava, se esfregava, rolava no chão, fazendo todo tipo de chameguinho. Não preciso dizer que não chegou a menos de 1 metro da porta, e nem pensar em propor beijinhos.

O Gandalf cresceu para 2,20m e ficou observando muito atento. Não estava nervoso, mas mostrava muita autoridade. Fungou tanto o ar que quase explodiu.

Quando a Mafalda voltou para a porta, assim que pôs a carinha no vidro, o gatinho deu um pulo de paixão total. Ficou olhando para ela fixo, fascinado e dando miadinhos. Depois relaxou e ficaram os três um tempo assim, curtindo o ventinho.

Duas vezes ele saiu de cena correndo, porque alguém passou meio perto. Mas logo em seguida voltou e continuou ali na frente da porta. Depois a Jane foi tirar o lixo e ele foi embora de vez. Já deve ter passado uma hora e a Mafalda continua lá, sentadinha na frente do vidro.

Sinto que vai ser um verão de paixões arrebatadoras.

3 comentários:

Jules disse...

Muito maravilhoso. :)

Gus disse...

haha, que maneiro. Terei que conversar com esse rapaz para autorizar o namoro...

Ma disse...

Leva ela para fora, tadinha! Só uma voltinha!