quinta-feira, 10 de setembro de 2009

A sabedoria da raposa no Taylor Creek Park

É o Gus:

hoje eu estava correndo no parque aqui do lado de casa e uma raposa, até grande, saiu do mato e começou a cruzar o caminho/pista de corrida uns 30 metros na minha frente. Quando ela me viu, voltou correndo para o mato.

Moral desse momento lúdico: não é nada, não é nada, não é nada mesmo.

Nenhum comentário: