domingo, 22 de junho de 2014

Nosso primeiro balé

Eu estou há uns três anos traduzindo filmes sobre os bastidores e libretos de balés e operas para a Royal Opera House, então acabei aprendendo alguma coisa sobre ambos, que até então não eram muito a minha praia. Mas, quando a gente conhece algumas obras mais a fundo, não tem como não se interessar.

Nosso primeiro balé ao vivo era para ser a espetacular montagem de "Alice no País das Maravilhas" da Royal Ballet, que a National Ballet of Canada apresenta com a mesmíssima produção. Isso em 2012, perto do nosso aniversário de casamento. Mas 2012 foi o ano do Cão e o Gustavo teve que viajar às pressas para o Brasil e perdeu a apresentação, que pretendemos ver em breve.

Esta última sexta, meio que de supetão, decidimos ir assistir à montagem da National Ballet of Canada para "Romeu e Julieta". É um dos balés mais clássicos e consagrados, mas há uns dois ou três anos a companhia recriou a coreografia para comemorar não sei quantas décadas de aniversário. O resultado é um balé tradicional, mas com alguns elementos de dança moderna, além de cenografia e figurinos belíssimos. Fomos com a Gina e o Bob

Aqui há um filminho e outro filminho sobre esta produção, quando estava para ser lançada.

O espetáculo foi inesquecível. O Gustavo sempre foi fã da peça de Prokofiev, e realmente a música somada à maravilha que foi o balé foi de tirar o fôlego.


Temos assistido muitos concertos, mas acho que vamos começar a incluir mais balés no repertório e, quem, sabe, até óperas.

Um comentário:

Maria Elena disse...

Lindo, lindo, lindo!!!!