quinta-feira, 22 de maio de 2008

Kensington Market

É o Gus:

Perto da universidade e da China Town (a primeira, há mais duas na cidade) há umas ruas menores que juntas compõem o Kensington Market. Ele deve ter sido um mercado séculos atrás, mas hoje são algumas lojas e restaurantes de produtos étnicos que ocupam algumas ruas entre a College ao norte, a Dundas ao sul, a Bathurst ao oeste, e a Spadina a leste. Há também lojas mais difíceis de encontrar em outros bairros: queijarias, açougues e peixarias. Há até uma loja que vende roupas de sobra do exército (um conhecido nosso comprou um sobretudo de lã da marinha russa lá, mas isso é outra história)...

É possível encontrar vários produtos latinos, inclusive brasileiros, naquelas lojinhas. O Mate (erva mate, para chimarrão) aqui de casa havia acabado, então aproveitei as férias [hip, hip, urra!] para passear um pouco por lá (onde tirei a foto do gato dormindo na loja de tapetes). Saí da loja de produtos latinos carregando, além do mate, um pote de 1 kg de doce de leite Sancor... imperdível. O doce de leite também, assim com os quilos a mais que eu vou ganhar depois de comer o pote todo, hahaha. Plagiando o PhD comics, todo o propósito de você ir à academia malhar é poder descontar e comer doce de leite e chocolate depois, claro.

Em frente à loja de produtos latinos, há um lugar que vende empanadas chilenas, chamado "El Gordo". Hmm. Seria uma referência? Talvez. As empanadas da Maria Elena e da Carol são melhores, mas deu para matar a saudade... [detalhe para a placa que diz "fine foods"]

Aliás, essa é a cara da loja típica do mercado...


Finalizei o passeio comprando uns queijos na queijaria - um pedaço de Roquefort francês e um de Oka, meu queijo canadense favorito.

Nenhum comentário: