sábado, 19 de novembro de 2011

U2!

Em julho, assistimos a um dos últimos shows do U2, da turnê 360.

Foi no Rogers Centre, estádio de beisebol e outras coisas assim, grandiosas. Colado na CN Tower.

Foram 60 mil pessoas e uma organização primorosa. Bom, dá para chegar até lá pela tal """cidade subterrânea""" (com aspas múltiplas), quer dizer, de metrô e depois pegando uma passarela da Union Station até o estádio. O estádio é incrível. Em cada nível há inúmeros lugares para comprar comida e bebida, e para cada setorzinho de cadeiras numeradas há banheiros fabulosos (parece idiota eu falar em banheiros, mas eu já fui em muito show em estádio no Brasil e pelamordedeus). E o teto retrátil é incrível.

O show de abertura foi do Interpol. Depois, todo mundo posou para a foto da Fan Cam -- múltiplas fotos tiradas em resolução absurda, que depois são montadas para formar ESTA COISA INCRÍVEL AQUI. E equipe da Fan Cam são uns carinhas de amarelo que ficam apontando uns trecos compridos amarelos na direção de onde vão tirar a foto, para as pessoas posarem. Devem ter feito  umas 100 fotos.

Depois veio o alucinante show de mais de duas horas. Aliás, além de um brilhante show do U2, o show foi quase um tributo ao David Bowie, o que deixou a Erika e eu com um sorriso de orelha a orelha. A banda entra no palco ao som de "Space Oddity". Depois, um astronauta da estação espacial internacional, que aparece no telão e com quem o Bono finge conversar ao vivo, termina dizendo "Tell my wife I love her very much, she knows" -- outro verso de "Space Oddity". Finalmente, durante uma música há umas animações e, de novo, o desenho de um astronautazinho repete o mesmo verso. É claro que uma das melhores bandas de todos os tempos tem que ser fã do maior artista de todos os tempos! :-)

Temos fotos e vídeos; foi a estreia da nossa câmera nova. Nos vídeos há um pouco de ruído de vento, pois o microfone é sensível, e dá para ouvir mais a nossa voz (ok, do Gustavo) do que o som do U2, mas lá a gente mal conseguia se ouvir; a qualidade do som era perfeita, muito nítida. Os vídeos são uma amostra que nem se compara com a sensação dessas músicas na nossa pele.








Um comentário:

brunocarrilho disse...

Esse estádio é incrível, a "garra" parece até pequena!