sábado, 7 de fevereiro de 2009

Coisas que eu não entendo no Canadá - Saladas prontas

É o Gus,

O Metro, supermercado perto aqui de casa, vende umas saladas já prontas, de diversos sabores. Às vezes, gosto de comprar uma de quebra galho. Só não dá para entender:

- Praticamente todas as saladas, não importa qual o sabor (desde a salada verde até a
salada-esquimó-do-Ártico-com-carne-de-foca e gordura de baleia) vêm preparadas com rodelas e mais rodelas de cebola roxa crua. Tá, tudo bem, a cebola roxa é mais doce e menos ardida que a normal, mas é muita cebola, e crua. Muita cebola crua. Muiiiiita. E geralmente elas vêm enterradas no meio da salada, de forma que o gosto pega mesmo.

- os dois únicos tipos de salada que não têm cebola são a "garden" e a Cobb. A garden vem com tomates, pepino e... meia tonelada de pimentões crus. De todas as cores que você imaginar. A Cobb vem com ovo cozido, uns pedaços de frango e... muito milho. E Bacon: uns farelinhos de bacon, que frios ficam... hmmm... com gosto de bacon frio.

Tá, tudo bem, estou reclamando de barriga cheia, poderia estar roubando mas estou trabalhando, e vocês já sabem o resto. Poderia também comprar as folhas e tomates e fazer a minha própria salada. Mas eu sou preguiçoso, e a Carol não está aqui. E como eu estou ficando velho, fraco e fresco, não sobrevivo se comer cebolas ou pimentões crus em quantidades acima de 1 micrograma. O negócio é ficar na salada Cobb mesmo...

3 comentários:

Carol disse...

"E como eu estou ficando velho, fraco e fresco..."

É mais pra fresco, fresco e fresco, né?
HAHAHAHA

Mas é verdade, a fixação por cebolas e pimentões é incompreensível...

Tadinho, eu já já volto para fazer sua comidinha frescura-free.

Gus disse...

Oba, hehehe

Mas eu também faço comidinha frescura-free; a lentilha do fim de semana ficou ótima. Pergunta para o Rafa e Erika.

Jules disse...

:D